fbpx

Menino sobrevive após crucifixo parar bala perdida em seu peito

O projétil perfurou o crucifixo de metal, que amenizou o impacto e evitou que a bala entrasse no corpo do garoto

Aleteia | Terça, 05 Janeiro 2021 10:41
Menino sobrevive após crucifixo parar bala perdida em seu peito

Um crucifixo de metal parou uma bala perdida que atingiria o peito de um menino de 9 anos. Foi na província de Tucumán, na Argentina.

Segundo a imprensa local, o garoto chamado Tiziano deu entrada no hospital com ferimento superficial no tórax “causado por uma arma de fogo”. O incidente aconteceu na noite do dia 31 de dezembro de 2020, pouco antes da virada do ano.

O menino passou por exames e, em seguida, recebeu alta. Foi, então, para a casa comemorar o que todos já estão chamando de milagre de ano novo.

A polícia argentina investiga de onde teria partido o disparo.

O crucifixo e o milagre

A família do menino confirmou a um canal de TV argentino que o crucifixo que Tiziano usava no pescoço, de fato, evitou que a bala perdida entrasse em seu corpo. Além disso, a família enviou à equipe de reportagem a foto do crucifixo de metal, bem como a bala.

Pela publicação do jornalista José Romero Silva, é possível ter a dimensão da força do impacto que a bala provocou. O projétil fez um furo no objeto de metal e detonou a imagem de Jesus.

Foi, portanto, um milagre de ano novo para toda a família, que em 2021 vai ter motivos de sobra para comemorar a vida e renovar a fé.