fbpx

Ordenação Presbiteral: Dois novos padres para a Igreja de Campo Limpo

Pela imposição das mãos de Dom Luiz Antônio Guedes, dois novos sacerdotes foram ordenados no dia 05 de junho na Catedral Diocesana Sagrada Família.

Redação | Terça, 15 Junho 2021 10:24
Ordenação Presbiteral: Dois novos padres para a Igreja de Campo Limpo Marcus Simi

No dia 05 de junho, a Diocese de Campo Limpo ganhou dois novos sacerdotes. A celebração contou com um número limitado de fiéis por conta das normas e restrições para prevenção do coronavírus.

Visivelmente emocionados, os até então diáconos, Aloísio de Melo Sousa e Wesley Michel da Cruz, não contiveram as lágrimas em diversos momentos da cerimônia. Mais de uma dezena de padres, entre eles reitores atuais e antigos, e todos os demais seminaristas da diocese, participaram deste momento tão aguardado pelos neo-sacerdotes.

 O Bispo Diocesano, Dom Luiz Antônio Guedes, presidiu a celebração na Catedral Diocesana Sagrada Família e no início da cerimônia, saudou a todos os presentes expressando a sua alegria em ordenar dois novos padres para a diocese que está sob seu cuidado há doze anos. “Hoje é um dia de alegria, estes dois nossos irmãos passam a fazer parte do clero diocesano pela ordem do presbiterato, rezemos pedindo a intercessão da Sagrada Família por eles e por suas famílias”.

A ordenação foi transmitida ao vivo pelos canais do Facebook e Youtube da diocese e das paróquias em que os neo-sacerdotes fizeram pastorais. No domingo, 06, dia seguinte a ordenação, os neo-sacerdotes já celebraram em suas comunidades de origem as suas primeiras missas. Padre Aloísio permanecerá na Paróquia São Francisco de Assis, forania São José, como vigário paroquial, padre Wesley, ainda sem provisão, permanece colaborando na Paróquia Santa Paulina, na Forania Embu.

Rito de Ordenação

O sacramento da Ordem é constituído por três graus: episcopal, presbiteral e diaconal. Cada qual possui um rito de ordenação próprio, porém o comum entre eles é a imposição das mãos e a prece de ordenação. O segundo grau do ministério da Ordem é o presbiteral e seu rito é constituído por seis partes: eleição do candidato, homilia, propósito do eleito, ladainha, imposição das mãos e prece de ordenação, unção das mãos e entrega da patena e do cálice.

Padre Lidionor Sampaio, reitor do Seminário Nossa Senhora Aparecida, pediu ao Bispo e a Santa Igreja que ordenasse os candidatos ao presbiterato e depois de testemunhar a aptidão de ambos, Dom Luiz prosseguiu com o rito de ordenação.

“Difícil mesmo é conter as lágrimas, é um grande momento para esses dois jovens que, com seu empenho e dedicação ao Evangelho, chegaram à ordenação. A comunidade inteira, e nós do Valo Velho, nos alegramos por este momento”, confessou Maria Sônia, (53), Paróquia São Francisco de Assis.

A acolhida entre o clero teve que ser adaptada por conta das restrições sanitárias e ao invés do tradicional beijo nas mãos dado por cada sacerdote presente, a começar do bispo, uma reverencia e em alguns casos algumas palavras ou sorrisos, que ainda tapados pelas máscaras, era possível perceber com o olhar, substituiu o momento sem que se perdesse a sua importância.

Novos Sacerdotes

Pe. Aloísio de Melo Sousa


Aloísio de Melo Sousa, nasceu no dia 26 de junho de 1995, filho do Sr.Lidio João de Sousa e Sra. Maria Nazaré de Melo Sousa tem um irmão, um ano e meio mais velho. É Paulista, mas recebeu o sacramento do Batismo em Pernambuco aos três anos.⠀

Tem no coração a Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz, no Jardim Guarujá, onde passou uma parte da infância, mas foi na Paróquia São Lucas Evangelista que deu os primeiros passos na fé, servindo ao altar e recebendo a Primeira Comunhão.⠀

Afirma ter sentido o chamado ainda muito pequeno: “Por volta dos 5 anos de idade já falava que queria ser padre, conforme fui crescendo e servindo cada vez mais na minha comunidade, como coroinha e como membro do grupo de jovens e de teatro, o Senhor confirmava a cada dia a minha vocação”.⠀

Além do serviço na comunidade, sempre gostou muito de atividades físicas e esportivas, sobretudo futebol, e também vídeo game. Por diversas vezes realizou trilhas com amigos, algo que também sempre teve espaço em sua vida. ⠀
Começou os encontros vocacionais em 2012. ⠀

No ano seguinte ingressou no seminário e ao longo do processo formativo, realizou estágio pastoral, na Paróquia Santa Paulina - Embu das Artes, Paróquia Imaculada Conceição – Jardim Nakamura, Paróquia Santo Expedito – Itapecerica da Serra e Paróquia São Francisco de Assis – Valo Velho.⠀

No final de 2020, na solenidade da Sagrada Família (27.12), foi ordenado diácono pela oração e imposição de mãos de Dom Luiz Antônio Guedes. Escolheu como lema: “Eis-me aqui, para servir e dar a vida”. (Hb 10,7; Mt 20,28).⠀Ordenado continua a contribuir, como vigário paroquial, na Paróquia São Francisco de Assis, Forania São José.

Padre Wesley Michel da Cruz

O jovem Wesley Michel, é originário da paróquia Santa Luzia, Forania Mirim Guaçu. Desde muito pequeno foi criado pela avó, pessoa que lhe ensinou os primeiros caminhos de devoção e fé cristã.⠀

Participou ativamente, desde muito jovenzinho, de grupos de oração e do TLC (Treinamento de Liderança Cristã). Confessa não ter feito planos de seguir a vocação sacerdotal, resistiu ao chamado procurando outros meios para servir ao Senhor mas, motivado pelo agir do Espírito Santo em todos os meios de sua vida, ingressou no seminário afim de fazer uma `experiência`. Já no primeiro ano se encantou de forma definitiva pelo ministério sacerdotal e decidiu: “Quero ser padre”.⠀

Em seus estágios pastorais passou pela Paróquia Santa Paulina; Paróquia Santa Clara de Assis e Paróquia São Lucas Evangelista e tem certeza que isto colaborou de forma concreta para consolidar sua vocação.⠀

Foi ordenado Diácono no dia 27 de dezembro passado e mesmo diante de um ano tão difícil, pelo contexto pandêmico e de isolamento social, de lá pra cá esta ainda mais convicto de que: “Sua ordenação será para proclamar a esperança de tempos melhores e para levar a eucaristia, doando a vida ao povo que não é seu, mas sim de Deus. É isso que justifica a escolha do meu lema de ordenação sacerdotal – Servir, servir, servir e nada mais!”.⠀

Quer rever esse momento, acesse o Canal do YouTube  da Diocese agora mesmo: https://www.youtube.com/watch?v=F0P0wUA-4VA