fbpx

Segundo ano de Tapete Solidário dá show de solidariedade em Itapecerica da Serra

Os tapetes de serragem foram substituídos por alimentos doados na escadaria da paróquia Nossa Senhora dos Prazeres e Divina Misericórdia. Doações foram feitas via drive-thru.

Santuário Nossa Senhora dos Prazeres | Sexta, 04 Junho 2021 15:46
Segundo ano de Tapete Solidário dá show de solidariedade em Itapecerica da Serra Arquivo Paroquial

Por conta da pandemia de covid-19, pelo segundo ano consecutivo, a Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres e Divina Misericórdia precisou se reinventar no dia de Corpus Christi. A saída foi substituir os tapetes de serragem por um “tapete solidário”, feito com doações de alimentos entregues via drive-thruem frente à igreja. Ao todo, foram 3 mil kg de alimentos doados, que tem como destino as obras sociais da paróquia, incluindo a Creche Menino Jesus, que dá assistência às famílias de crianças matriculadas na instituição, mantida pela igreja.

As missas celebradas pelos padres Alberto Gambarini, Alexandre Matias e Lídio Sampaio cumpriram todos os protocolos de segurança, permitindo a presença de apenas 40% da capacidade total da igreja, somando em torno de 300 fiéis, que compareceram à paróquia para celebrara Solenidade do Santíssimo Sacramento do Corpo e do Sangue de Cristo.

“Devido à pandemia, a gente não tem ideia de quantas famílias estão necessitadas, precisando de alimento”, mencionou Evandro Provasi, dentista, que fez a sua colaboração doando parte dos alimentos que foram arrecadados em outra campanha solidária no condomínio em que mora. Assim como ele, Ana Beatriz Brito, recepcionista, colaborou na organização do evento e mencionou: “é mais um ano que estou aqui participando, acredito que o amor de Deus é tão abundante que nós devemos ajudar o próximo.”

A Festa de Corpus Christi em Itapecerica acontece desde a década de 60, cobrindo as ruas do centro da cidade com representações coloridas de cenas bíblicas, objetos e símbolos que retratam àfé em Jesus Cristo. O responsável pela organização dos tapetes há mais de 14 anos pela Paróquia é José Tadeu do Carmo, que viu, nas duas últimas celebrações de Corpus Christi, a necessidade de reformular o modo de celebrar a ocasião. “Acho que não tem como não falar do que estamos vivendo. A questão da pandemia com certeza vai influenciar no tema. Não podemos esquecer desses dois anos, de tudo o que aconteceu” mencionou Tadeu em entrevista ao SP1, da Rede Globo, disponível aqui.

Padre Alberto Gambarini, pároco do santuário, afirmou também em entrevista ao noticiário que “é um momento difícil, mas se soubermos, primeiramente, confiar em Deus, e soubermos usar os meios que a ciência está oferecendo para nós (máscara, álcool, lavar com cuidado as mãos, só sair quando é extremamente necessário e depois tomar as duas vacinas), nós vamos superar tudo isso e chegar a um novo normal, com certeza.