fbpx

Catequese Diocesana continua evangelização mesmo em tempos pandêmicos

Cleber Rafael Gois | Sexta, 13 Novembro 2020 13:14
Catequese Diocesana continua evangelização mesmo em tempos pandêmicos Arquivo pessoal

A XXII Assembleia Diocesana da Catequese aconteceu na manhã do último sábado, 07 de novembro, no Salão da Catedral Sagrada Família.

A inscrição da assembleia aconteceu por meio das coordenações foraniais, que puderam enviar representantes para a assembleia presencial, que este ano contou um número reduzido de participantes por conta da pandemia do Covid-19.

Cleber Gois, coordenador diocesano, deu as boas vindas aos catequistas e em seguida convidou o Padre Elinaldo Ferrreira, da Paróquia São Benedito, Forania Morumbi, para presidir as Laudes. Em seguida, foi projetado o vídeo do assessor diocesano, Padre Lourivaldo Lino Gonçalves, que não pode comparecer, por motivos familiares. Em seu vídeo o assessor diocesano destacou a importância de estarmos na assembleia.

Padre Elinaldo,  fez um pequeno momento de reflexão, ressaltando a importância dos catequistas na vida da Igreja. Disse também que: “O Secretariado Diocesano de Catequese é reconhecido nacionalmente por sua estabilidade e continuidade dos seus trabalhos de acordo com as diretrizes e documentos do Magistério da Igreja”. Ele recordou ainda, quando foi assessor da Animação Bíblico Catequética e quando viu de perto o trabalho sério das coordenações locais, paroquias, foranias e diocesana.

Após esse momento de partilha, a diretora do Curso de Formação Básica para Catequistas (CFBC), Rosana Mancini, juntamente com o diretor do CFBC Welder Cabral e o secretário catequético, Lucas Lopes partilhou as experiências do Secretariado durante a pandemia. Os três expressaram, que após o fechamento de todas as atividades presenciais no Estado de São Paulo, a coordenação e o corpo docente decidiram continuar com as aulas pelas redes sociais.

O primeiro módulo, a catequese diocesana fez aulas pelos aplicativos: WhatsApp, Live pela Facebook, Vídeos pelo YouTube, podscats pelo Soundclound e textos de aprofundamentos, enviados por e-mail e mensagem e WhatsApp. Eles recordaram também que, devido à instabilidade e perca de muitos empregos dos alunos e catequistas, o CFBC decidiu suspender o pagamento das mensalidades. Mais de 60 catequistas concluíram o módulo I, que foi visto pela coordenação como um número satisfatório.

No segundo módulo, a estratégia foi outra: As aulas passariam a ser remotas pelo aplicativo do Google Meets, onde os professores teriam uma aproximação maior com os alunos. No segundo módulo, que ainda está em andamento, tem uma mensalidade inferior a que tinha sido proposta no início ano. Eles aproveitaram o espaço para fazer os agradecimentos aos que ajudaram nas questões digitais: Gerson Mota pelas edições do podscast, Fernando Silva e Cláudio Mancini pela assessoria nas lives.

Após essa memória, o coordenador diocesano, falou da agenda de 2020 e sobre a missa de encerramento do ano letivo no dia 05.12 às 12h na Catedral. Ele também colocou em votação o Prêmio São José de Anchieta, que visa comtemplar o catequista que se destacou no ano. Este primeiro prêmio será entregue na missa de formatura, e nos anos seguintes, na concentração e Missa do Catequista, que acontece no quarto domingo de agosto.

Com imensa alegria recebemos o coordenador geral de pastoral, Pe. Marcos Patrício que conversou com os presentes. “Uma paróquia ou comunidade pode sobreviver sem um padre, um diácono, um ministro. Mas sem um catequista, essa paróquia dificilmente conseguirá se sustentar por muito tempo, pois é o catequista que dará a vida na paróquia”. Foram com essas palavras eloquentes e gentis que o coordenador de pastoral iniciou sua fala. Após sua fala, foi presenteado com o novo Diretório Geral para a Catequese. 

Votação por forania 

Depois do intervalo, os catequistas foram divididos em círculos e por forania. Neste formato, cada forania teria o direito a um voto.

A maioria dos presentes, decidiu por voto, que na XIII Semana Catequética seriam dois temas. Os dois temas escolhidos foram:

  1. Psicopedagogia pastoral e catequética;
  2. A dignidade da Sagrada Escritura na Liturgia.

Também foram decididos os temas das cinco oficinas do III Simpósio de Metodologia Catequética:

  1. As duas narrativas da Criação;
  2. A eucaristia como ápice nos sacramentos da IVC;
  3. As mulheres do Primeiro Testamento; 4.
  4. A espiritualidade e a ceia do Senhor, segundo Paulo;
  5. 5.Compreendendo a catequese do Papa Francisco.

Após a votação, foi apresentado a agenda de 2021, que contou com a novidade de uma nova turma do CFBC as terças-feiras a noite a partir de fevereiro, que será totalmente remoto. A nova turma será das 19h às 21h45, com o valor da mensalidade menor que as aulas presenciais; as outras três turmas permanecem com os horários, locais e dias iguais deste ano. Também foi colocado em votação, a questão da grade de 2021/2022, que pode haver uma nova reformulação. Depois dessa colocação da grade que ficou muito acirrado com a consulta, o coordenador Cleber, decidiu conversar com o corpo docente e os professores do curso para dar uma palavra final.

Cleber comentou ainda que, o Secretariado Diocesano de Catequese está avaliando junto com o corpo docente e a diretoria uma nova turma para os alunos que já concluíram o CFBC, como um curso mais avançado aos catequistas. É provável que este intensivo seja no próximo semestre, com as disciplinas a serem definidas pela coordenação.

A XXII Assembleia Diocesana de Catequese encerrou às 12h, com a oração do Angelus. 

Agradecimentos 

A coordenação diocesana da catequese agradece todos coordenadores foraniais pela ajuda na organização, assim como a equipe da cúria diocesana, do corpo docente do CFBC, dos funcionários da Paróquia Catedral Sagrada Família e dos seguranças do Centro Pastoral e Catedral. Não poderíamos deixar de fazer agradecimentos pessoais, a Sra.Rivalda Silva, Sra. Rosana Mancini, Sr. José Rosa, Sr. Lucas Lopes, Sr.Welder Cabral, Sra RosangelaBenetão, Sra.Sheylla Leite, Sr. Aparecido Fernandes (Cido), Padre Lourivaldo Gonçalves, Padre Marcos Patrício e o nosso bispo, Dom Luiz Antônio Guedes. Sem vocês essa Assembleia não teria saído do papel; vocês foram autores e protagonistas diretos desse novo ânimo da ação catequética em nossa imensa diocese, mesmo em tempos de pandemia. Gratidão.

Em Cristo,

Cleber Rafael Gois – Coordenador Diocesano de Catequese

 

WhatsApp-Image-2020-11-09-at-090714
WhatsApp-Image-2020-11-09-at-090713
WhatsApp-Image-2020-11-09-at-090713-2
WhatsApp-Image-2020-11-09-at-090712
WhatsApp-Image-2020-11-09-at-090711