fbpx

Por que o mês de outubro é dedicado ao Santo Rosário?

A piedosa devoção mariana de se recitar o Santo Rosário foi recomendada por inúmeros Papas e Santos ao longo da história.

Guadium Pres | Segunda, 05 Outubro 2020 12:02
Por que o mês de outubro é dedicado ao Santo Rosário? Christopher Riggs

A piedosa devoção mariana de se recitar o Santo Rosário foi recomendada por inúmeros Papas e Santos ao longo da história. A Igreja Católica dedica o mês de outubro ao Santo Rosário, uma piedosa prática recomenda por por Nossa Senhora através de São Domingos de Gusmão e querida por inúmeros Santos ao longo da história. Mas qual é a origem desta benéfica tradição?

A Origem do Santo Rosário

Poucos sabem, mas a origem do termo Rosário está ligada aos romanos e gregos, que tinham o costume de coroar com rosas as imagens que representavam os seus deuses, como símbolo da oferta dos seus corações. Daí surgiu a palavra “rosário”, que significa “coroa de rosas”.

Com base nessa tradição, as mulheres cristãs que eram levadas ao coliseu romano para serem martirizadas, utilizavam coroas de rosas em suas cabeças, simbolizando a alegria e a entrega dos seus corações a Deus. À noite, os cristãos iam até o coliseu e recolhiam essas rosas rezando os salmos pelo descanso eterno dessas mártires.

Os cristãos da época foram incentivados a rezarem este “rosário” recitando os 150 salmos de Davi. Este costume, entretanto, era praticado apenas pelos fiéis mais cultos que sabiam ler. Por conta disso, a Igreja sugeriu que os salmos fossem substituídos por 150 Ave Marias divididas em quinze dezenas. Esta prática ficou conhecida como o “Saltério da Virgem”.

O Santo Rosário e São Domingos de Gusmão

Séculos depois, em 1208, Nossa Senhora apareceu a São Domingos de Gusmão, fundador da Ordem dos Pregadores (mais conhecidos como Dominicanos), e o ensinou a recitar o Santo Rosário como o conhecemos hoje em dia. Em seguida pediu para que ele divulgasse essa devoção por todo o mundo.

Naquela época, o santo espanhol estava no sul da França lutando contra a heresia albigense. Através do Santo Rosário, São Domingos de Gusmão conseguiu converter inúmeros albigenses e alcançou abundantes graças.

Como surgiu a Festa de Nossa Senhora do Rosário?

No século XVI, a Europa vivia na iminência de uma invasão muçulmana. Diante disso, o Papa São Pio V recebeu uma revelação de Nossa Senhora na qual foi avisado de que os católicos venceriam a batalha contra os muçulmanos através da recitação do Santo Rosário. Confiante na promessa da Mãe de Deus, o Pontífice exortou os fiéis de toda Igreja para que rezassem o Rosário com Fé e devoção.

Cumprindo sua promessa, no dia 7 de outubro de 1571, Nossa Senhora concedeu a vitória aos católicos nesta histórica batalha naval. Em honra desta milagrosa vitória, o Papa São Pio V instituiu a festa de Nossa Senhora do Rosário.

Mistérios Luminosos do Santo Rosário

Ao longo dos primeiros séculos, os católicos rezaram o rosário dividido em apenas três mistérios: gozosos, dolorosos e gloriosos. Em outubro de 2002, o Papa São João Paulo II divulgou a Carta Apostólica ‘Rosarium Virginis Mariae’, através da qual presenteou a Igreja com cinco novos mistérios cheios de luz: os mistérios luminosos.

“Passando da infância e da vida de Nazaré à vida pública de Jesus, a contemplação nos leva aos mistérios de Cristo e luz. Ele é ‘a luz do mundo’. Mas esta dimensão se manifesta sobretudo nos anos da vida pública, quando anuncia o Evangelho do Reino. Desejando indicar a comunidade cristã cinco momentos significativos -mistérios “luminosos”- desta fase da vida de Cristo, penso que se possam assinalar: 1º seu Batismo no Jordão; 2º sua auto-revelação nas bodas de Caná; 3º seu anúncio do Reino de Deus convidando a conversão; 4º sua transfiguração; 5º instituição da Eucaristia, expressão sacramental do mistério pascal”, afirma o Pontífice no documento.

Promessas de Nossa Senhora aos que rezarem o Santo Rosário

Aos católicos que recitarem o Santo Rosário, Nossa Senhora fez as seguintes promessas:

  1. Aqueles que rezarem com enorme Fé o Rosário receberão graças especiais;
  2. Prometo minha proteção e as maiores graças aos que rezarem o Rosário;
  3. O Rosário é uma arma poderosa para não ir ao inferno: destrói os vícios, diminui os pecados e nos defende das heresias;
  4. Receberá a virtude e as boas obras abundarão, receberá a piedade de Deus para as almas, resgatará os corações das pessoas de seu amor terreno e vaidades, e os elevará em seu desejo pelas coisas eternas. As almas se santificarão por meio do Rosário;
  5. A alma que se encomendar a mim no Rosário não perecerá;
  6. Quem rezar o Rosário devotamente, e tiver os mistérios como testemunho de vida, não conhecerá a desgraça. Deus não o castigará em sua justiça, não terá uma morte violenta, e se for justo, permanecerá na graça de Deus, e terá a recompensa da vida eterna;
  7. Aquele que for verdadeiro devoto do Rosário não perecerá sem os Sagrados Sacramentos;
  8. Aqueles que rezarem com muita Fé o Santo Rosário, em vida e na hora de sua morte, encontrarão a luz de Deus e a plenitude de sua graça, na hora da morte participarão do paraíso pelos méritos dos Santos;
  9. Livrarei do purgatório àqueles que rezarem o Rosário devotamente;
  10. As crianças devotas ao Rosário merecerão um alto grau de Glória no céu;
  11. Obterão tudo o que me pedirem mediante o Rosário;
  12. Aqueles que propagarem meu Rosário serão assistidos por mim em suas necessidades;
  13. Meu filho concedeu-me que todo aquele que se encomendar a mim ao rezar o Rosário terá como intercessores toda a corte celestial em vida e na hora da morte;
  14. São meus filhinhos aqueles que recitam o Rosário, e irmãos e irmãs de meu único filho, Jesus Cristo;
  15. A devoção a meu Rosário é um grande sinal de profecia. (EPC)